top of page
Buscar
  • Foto do escritorEdgar L. Quintas

Fundo de Emergência: Você tem?

Atualizado: 20 de set. de 2023


Visualize esse cenário: você está na estrada conduzindo tranquilamente, quando de repente, percebe uma guinada logo abaixo dos seus pés. De seguida, o seu carro começa a desacelerar até finalmente parar.


Após uma breve análise, constata-se que o motor está com defeito e muito provavelmente necessitará de reparos. No entanto, essa reparação mostra ser particularmente dispendiosa. A questão que se coloca é: você possui recursos financeiros suficientes para arcar com essa situação?


A situação é tal que a maioria das pessoas não se encontra preparada para isso. Um número reduzido de angolanos têm a capacidade de lidar com um gasto imprevisto acima de Kz 200.000,00. Isso reflete o facto de que a maior parte da população angolana está dependente de seus rendimentos mensais.


Qualquer incidente menor, como um acidente automobilístico ou um contratempo de saúde inesperado, deixaria a grande maioria em uma posição vulnerável, sujeita a endividamento.


Uma maneira de garantir que você esteja preparado para acidentes estranhos e outras despesas surpreendentes é criar um fundo de emergência.



O que é um Fundo de Emergência?

O fundo de emergência é exactamente o que o nome sugere - uma reserva financeira que você acumula para utilizar em casos de emergência, como por exemplo, quando o seu veículo quebra inesperadamente na estrada.


A finalidade primordial desse fundo, ao contrário das tradicionais contas de poupança ou aposentadoria, é reduzir os impactos de uma situação emergencial, particularmente aquelas que envolvem gastos significativos.


O ideal é que o fundo de emergência cubra "pelo menos 3 a 6 meses de suas despesas mensais". No entanto, como dar início ao processo de economizar para criar esse fundo de emergência?


PUBLICIDADE
Publicidade ELQ

A chave reside em separar uma porção do seu rendimento mensal e destiná-la ao fundo de emergência. Essa quantia pode ser depositada em uma conta de poupança, que gera juros enquanto você continua a incrementá-la gradualmente.


Com o tempo, essa conta se transforma em seu fundo de emergência. Quando chegar o momento de utilizar essa reserva, você terá os juros acumulados à sua disposição.


Retomando ao exemplo inicial, você dispõe dos recursos necessários para custear o reparo do motor? Se tiveres um fundo de emergência com certeza a sua resposta será sim. Isso significa que você tem vindo a economizar regularmente todos os meses e está preparado para arcar com despesas imprevistas. Parabéns pelo seu planeamento!

54 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page